quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Como saberemos cuidar daquela pessoa que sempre cuidou de nós?
Como poderemos cuidar daquela pessoa que sempre tivemos em descordância?
Como concordaremos cuidar e aceitaremos cuidar se não queremos cuidar?
Boas perguntas não acham???
Pois foram estas que me fiz e que me fizeram ....

Vamos ser sinceros, nestes momentos todos tem uma desculpa para não renunciar a nada de suas vidas pessoais e sempre há um que de qualquer maneira renuncia...
Mesmo com todas diferenças que eu tive com minha mãe ao longo da minha vida, mesmo sem querer renunciar a minha vida em Portugal, mesmo sem achar justo, assumi esta missão que hoje acredito plenamente ter sido a mim entregue por Deus

No inicio não foi nada fácil, muitos conflitos de pensamentos e palavras, muito o que planejar, organizar e executar e todos ainda bastante tristes com a partida do nosso pai não sabiamos por onde recomeçar,
Surreal!!! Tudo a acontecer ao mesmo tempo
Fase 1- Dividimos tarefas
Eu assumi totalmente a casa dos meus pais, despedi empregados e eu mesma dei inicio a limpeza e reestruturação
Meus irmãos fizeram a social e administrativa, em seguida partiram
Em 48 dias coloquei a casa dos meus pais em ordem e e finalizei alguns assuntos administrativos
Depois parti... Precisava de um tempo, precisava retornar a minha casa, meu mundo
Minha mãe ficou em casa com meu terceiro irmão, uma cozinheira e a cuidadora que contratei, meus sobrinhos estavam a dar apoio em geral ...

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo